Blog do Boa - Opinião e informação de Juazeiro, Crato, Barbalha, Cariri e Ceará!
Livraria de São Paulo lança livro infantil de professor caririense sobre quarentena
Educador da rede pública de Brejo Santo, Adriano Evangelista, se inspirou no momento de pandemia para escrever ´As Aventuras de Quarentino´
date_range30/07/2020 às 09:10

Adriano Evangelista dedicou parte da quarentena à produção do livro infantil (Foto: Cedida ao Blog do Boa)

O professor da rede pública de Brejo Santo, Adriano Evangelista, dedicou parte da quarentena à produção do livro infantil ´As Aventuras de Quarentino´, mas que qualquer pessoa pode e deve ler, sobre a luta da humanidade contra o novo coronavírus.

Não poderia ser diferente: o momento é de boas expectativas e muita ansiedade. O lançamento será on-line, no perfil do Instagram da Livraria Cultura São Paulo, nesta quinta-feira, às 19h.

Com total inspiração no momento pelo qual passamos de pandemia, o educador teve a ideia de transformar a realidade em uma história em quadrinhos com diversos personagens que se tornaram um tanto quanto familiares nos últimos meses.

O livro ´As Aventuras de Quarentino´ possui ilustração de Álisson Flor e foi desenvolvido por meio do projeto ´Quarentena Literária´ que engloba diversas outras ações de combate à Covid-19, desde a distribuição de máscaras até figurinhas socializadas pelo WhatsApp. 

O projeto é desenvolvido na rede pública municipal de ensino da cidade de Brejo Santo, onde ele atua como professor formador.

Quem são os personagens?

Em 28 páginas, a literatura infantil será publicada pela Editora CeNE, onde o enredo destaca que Quarentino e sua turma levavam suas vidas de maneira tranquila, mas de repente surgiu no mundo um inimigo perigoso, capaz de atacar várias pessoas ao mesmo tempo, e com uma velocidade surreal.

Adriano diz que criou primeiramente o personagem Quarentino, que, segundo ele, é a junção das palavras Quarentena e Nordestino. "Depois criei o personagem Gelvid, em que juntei as palavras álcool em gel com Covid e depois criei uma personagem mulher chamada SOAP que em Português significa sabão, material utilizado para higienização das mãos", informou.

O professor destaca que criou todo o enredo com roteiro, personagens e elaboração da história no final de abril de 2020, onde levou por volta de 45 minutos. Evangelista diz que apesar das dificuldades que enfrenta na condução do projeto, a quarentena lhe trouxe muitas aprendizagens. "Percebi que o mundo precisava urgentemente de solidariedade, em um momento tão difícil, devido a Pandemia causada pelo novo Coronavírus", disse.

Sobre o autor

Francisco Adriano Evangelista Ferreira é Graduado em Letras, pela Universidade Vale do Acaraú (UVA), com segunda licenciatura em Arte-Educação pela Faculdade da Grande Fortaleza, Especialista em Literatura Brasileira e Africana de Língua Portuguesa pela Universidade Regional do Cariri (Urca) e Especialista também em Educação, pobreza e Desigualdade social pela Universidade Federal do Ceará (UFC).



Câmara de Juazeiro do Norte


Sobre
Profissional de comunicação com passagens pelas emissoras de rádios: Verde Vale AM, Tempo FM e Rádio 100, sempre na produção de conteúdo jornalístico. No Site Miséria, como produtor, redator e repórter desde 2014.