Blog do Boa - Opinião e informação de Juazeiro, Crato, Barbalha, Cariri e Ceará!
Estudo da UFPB aponta Cajazeiras com menor índice da Covid-19 no sertão paraibano
Cajazeiras aponta ainda o menor índice de contaminados como também quando analisados o percentual estatístico
date_range16/05/2020 às 15:10

Ilustrativa do município de Cajazeiras (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Um estudo divulgado neste sábado (16), sobre análises e estatísticas relativas aos efeitos da Covid-19 no estado da Paraíba, Cajazeiras foi a que melhor conteve o avanço do vírus Dentre o comparativo realizado nas três cidades sedes de regiões metropolitanas do estado (Patos, Sousa e Cajazeiras).

Apontada como epicentro do Sertão ficou a cidade de Patos. O estado é uma realização do Laboratório de Inteligência Artificial e Macroeconomia Computacional (LABIMEC), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

Cajazeiras aponta ainda o menor índice de contaminados como também quando analisados o percentual estatístico.

Segundo os boletins informativos realizados nas três cidades, catalogados os dados que foram colhidos entre os dias 8 e 15 de Maio, o avanço dos coronavírus na cidade de Patos teve uma evolução drástica de 236%, já que no dia 8 de maio possuía 65 casos confirmados e no dia 15/05 esse número aumentou para 219 casos confirmados. 

Já a cidade de Sousa, onde o hospital regional não está referenciado para o tratamento de pessoas contaminadas com o vírus, teve uma evolução de casos de 186% (22 casos confirmados em 08/05 e 63 casos confirmados em 15/05).

O município de Cajazeiras, dentre os três, foi o que melhor conseguiu conter o avanço do vírus, com evolução de 61% no mesmo período, com aumento de 18 casos em 08/05 para 29 em 15/05.

Cajazeiras foi uma das primeiras cidades a adotar medidas rígidas no combate ao Covid-19 e as ações implementadas pelo prefeito José Aldemir e seguidas pela sociedade, agora, estão mostrando total eficácia relacionadas a contenção do avanço da doença.





Sobre
Profissional de Comunicação Social com passagens pelas emissoras de rádios: Verde Vale AM, Tempo FM, Rádio 100 FM e Iracema do Cariri FM, sempre na produção de conteúdo jornalístico. No Site Miséria, como produtor, redator e repórter de 2013 a fevereiro de 2021. Atualmente no Portal de Notícias Cariri En Si (www.caririense.com.br).